11.5.09

 

Reparei nisso agora.

Personalizaçao de atendimento. Segmentação de oferta. Produtos à minha medida...

Acho isso francamente positivo.

A questão é:

qual será a idade ou o critério para que esta forma de tratamento mude?

 

É que começo a temer seriamente abrir as cartas do banco e receber um atestado de adultez, assim, repentino e precoce.

(estar prestes a fazer 24 deixa-me nervosa)

linkPor AngKorVat, às 18:38  manifestar-se

De Blogadinha a 12 de Maio de 2009 às 17:31
À sombra do homem, bancária há que não tem pejo em deitar o olho... ou a mão!

A insistência de um prédio inteiro não chega para este - correspondência que ganha vida própria atravessa a estrada... é chatinho. :)

 
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
27
28
30

31


algumas imagens inseridas neste blog foram retiradas da internet. elimino-as a pedido do autor.
blogs SAPO