27.5.08

Apaixonei-me por esta música... e tenho de a partilhar.

Eles são fantásticos... do melhor que se faz por cá...

 

Quero o cd dela :(

sinto-me: d-_-b
música: esta mesmo
linkPor AngKorVat, às 15:42  manifestar-se

21.5.08

 

A Selecção Nacional está em estágio em Viseu,

em preparação para o Europeu :)

e quem vai ver treino???

Sou EU...

 

por isso este post tem que ficar por aqui ;)

 

-----------------------------------------------------------------------------------------------

(que rima bonita...)

 

sinto-me:
música: we're the champions
linkPor AngKorVat, às 16:39  manifestar-se

15.5.08

O cocooning, como os sociólogos se gostam de referir ao fenómeno crescente do refúgio em casa e diminuição da socialização, está na moda.

Mas já está na moda há algum tempo, talvez décadas... e o futuro não lhe prevê término. 

A questão que se coloca é a da conveniência desta situação. Se, por um lado, se torna cómodo para as famílias usufruir de um conjunto de oportunidades sem ter que sair de casa, por outro, aumenta o fosso entre aquilo que assumíamos como espaço público há algum tempo e, o que hoje se podem chamar, os novos espaços públicos.

Mas o que me faz mais confusão é a sensação de vazio que a visão do futuro me provoca. 

Se, aumentando o número de serviços ao domicílio ou através da web, criando casas inteligentes com super poderes e fazendo nascer perfis pessoais virtuais, com vidas virtuais, conseguimos aumentar a comodidade familiar - conseguiremos porventura criar crianças mais felizes, saudáveis e sociáveis?

Que será dos parques infantis, dos bancos de jardim, do café da praça?

Que será do Grupo da Pesca, do Rancho Folclórico (que de si já representa um século com um outro nível de socialização - já inexistente), da associação do bairro?

Se toda a gente viver na comodidade do lar, não fará sentido manter espaços de convívio e fomentar a adesão a associações. Sim, posso estar a ser radical... mas já está a rua tão vazia porque não nascem crianças por cá... que ela não fique mais, porque já temos tudo em casa.

 

sinto-me: enCASAcada
música: bleeding love - leona lewis
linkPor AngKorVat, às 00:08  manifestar-se

14.5.08

 

 

 "O Maio me molha, o Maio me enxuga"

- provérbio popular

 

 

 

Já desde criança que atribuo um significado especial ao mês de Maio (na altura, principalmente, porque é o mês em que faço anos), mas com o passar do tempo esse deslumbre foi-se acentuando.

 

Maio é um mês especial - mês de Maria, da Mãe, do coração, das noivas, da Família (dia celebrado amanhã)..., é um mês com dias grandes, com temperaturas agradáveis... com apelos a passeios e lanches ao ar livre.

Maio é mês de revolução e das palavras.

 

É o mês das Margaridas...

 

 

...e eu sou apaixonada por Margaridas.

 

---------------- 

 

Em Maio, ando mais bem disposta...

 

 

tags:
sinto-me: bem disposta
linkPor AngKorVat, às 20:21  manifestações (2) manifestar-se

12.5.08

 

há momentos assim...

...

 

e há quem lhe chame espectáculo de manobra de distracção da época deprimente - como um sr. sportinguista irritante que ligou para a Antena Aberta da RTPN...

é triste.

 

 

sinto-me: :'(
linkPor AngKorVat, às 23:31  manifestações (1) manifestar-se

7.5.08

vi por aí uns blogues com obras de arte e, resolvi mostrar algumas minhas... que às vezes faço para me entreter  

 

 

 

tapete de trapinhos verde - que aprendi a fazer com a minha amiga linda Li...

 

 

 

ponto cruz - que é das poucas coisas que sei fazer mas que adoro :)

 

não tenho mais fotos :(

mas fica uma amostra lol

 

 

ah... não sei se esta conta...

declaração de amor com massa de letras na canja

 

 

 

é artístico...

 

bom, romântico pelo menos...

 

não?...

pronto então.

 

 

sinto-me: artista
música: a message - coldplay
linkPor AngKorVat, às 23:10  manifestações (2) manifestar-se

 

Quando estou só e, me vêm à memória, momentos felizes, em que o tempo deixa de contar - sinto-me realizada.

Não preciso de mais nada, porque esses instantes de solidão estão repletos de lembranças - estão cheios de gente e de coisas que me fazem acreditar que a felicidade, não só, existe; como depende da forma como apreciamos esses momentos.

 

 

Outras vezes estou só e não penso. (NR: muito ao estilo de Alberto Caeiro)

A minha cabeça é um vazio - aprecio o silêncio e o nada.

Estou sedenta de novidade, mas continuo feliz.

(NR: bem, isto está quase a roçar o plágio)

 

Apreciar, diga-se, não está nos olhos - mas no coração.

 

____________

 

Notas de Redacção:(postadas depois da publicação) : por uns tempos acho que vou continuar assim... melancólica - mas é só uma fase)

 

sinto-me:
música: silêncio
linkPor AngKorVat, às 15:51  manifestar-se

5.5.08

Acabar qualquer coisa implica o fecho de um ciclo. Daí para a frente ou se estagna ou se iniciam novos começos. 

Os que estagnam, rendem-se... baixam os braços... esperam e contentam-se com as sensações que essa espera lhe proporciona. Ou com as lições que o passado lhes proporcionou. Quem espera não tem ambições.

Os que recomeçam, mesmo tendo que desbravar duros caminhos, mesmo que esse início se afigure medonho - têm sempre uma estrela do seu lado. Dos audazes reza a história.

 

Que tenhamos sempre a coragem de nos aventurarmos pelo futuro...

como disse Miguel Torga:

 

"Recomeça….

Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

 

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…"

Miguel Torga

 

 

N.R. imagem retirada da web

sinto-me: com medo mas ansiosa
música: Violet Hill - Coldplay
linkPor AngKorVat, às 16:21  manifestar-se

 
Maio 2008
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
28
29
30
31


algumas imagens inseridas neste blog foram retiradas da internet. elimino-as a pedido do autor.
subscrever feeds
blogs SAPO